LIBRAS na Educação Infantil

Ideias para recriar, inventar e jogar com as crianças surdas e ouvintes

Por Redação | Adaptação web Tayla Carolina

Para Aline Gomes da Silva e Tiago Ribeiro, autores do livro Leitura e Escrita na Educação de Surdos, as atividades lúdicas na Educação Infantil podem proporcionar às crianças surdas o desenvolvimento cognitivo, social, afetivo e a apropriação da sua primeira língua (LIBRAS).

“Aprender é dar-se conta, mas não se pode experimentar, pensar, indagar, estranhar sem tempo e espaço para isso”, dizem eles. Em seu livro, eles defendem que a construção do conhecimento deve passar pelo desejo, pela curiosidade, pelo afeto e proximidade, isto é: se algo nos toca ou não, se nos alcança ou não.

“Assim, aprender/ensinar não pode ser um mero receituário de práticas ou métodos prontos. É, antes, invenção, produção cotidiana e compartilhada, com nossos pares e com as próprias crianças”, explicam. Nesse sentido, eles propõem seis jogos para fazer e viver com as crianças surdas e ouvintes, trabalhando com LIBRAS e diversas outras habilidades e competências.

 

Para ler esse texto na íntegra, compre a revista Guia Prático do Professor Educação Infantil – 174